Pular para o conteúdo principal

Fat Electrician Etat Libre d`Orange "Um deleite para os muitos amantes de Vetiver"













Fat Electrician se baseia na inspiração de “uma história real tirada da vida perigosa de um jovem gigolô nos anos 70 em Nova York”? E quem mais poderia tornar esse perfume tão incrivelmente atraente e infinitamente usável? “O vetiver branco salpicado no asfalto da Time Square”,

Sua beleza poderia ter sido uma capital. Acreditava-se que ele estivesse no ar ao ar livre do Texas, sua pele fofa esfregada com espigas de trigo, seus cílios curvos lutando graciosamente contra um sol ofuscante. Um vaqueiro Macadame perdeu no asfalto das cidades. Pescador sem rede, ele foi feito para morder os ganchos dos outros, acreditar em sua sorte sem nunca aproveitá-lo, causar estragos e esquecer aqueles da época. A coragem de mulheres ferozes, coisas para festas de fim de noite ou caminhadas saudáveis ​​pela fortuna de Palm Beach, seu esplendor foi consumido a serviço de outros.

Tornando-se um eletricista gordo em sua casa em Nova Jersey, ele colocou seu talento em desuso. Para celebrar essa beleza não convertida, você precisava de um esplêndido vetiver. Uma ode a um erotismo vintage. Antoine Maisondieu queria branco, metálico, prateado como o verde ancestral das folhas de oliveira. Mas também doce, regressivo, viciante como um creme de castanha - feijão de baunilha, opoponax e mirra em notas de base. Extremamente concentrado, resinoso, cru à perfeição, tinha que expressar uma sensualidade contrastante. Porque toda a beleza traz consigo o anúncio de sua finitude.






Se você é fã de vetiver, não perca o Fat Electrician! A abertura do Fat Electrician pode ser a abertura mais vetiver que existe. Oh, exatamente ... o mais gordo. Seu  vetiver esfumaçado, e terroso e mesmo oxidado com raizes e solo. E a propósito, o vetiver tem raízes muito longas. Mas há também uma nota de algo amanteigado, suave, redondo e também bastante estranho. O nome é estranho, pelo menos na parte gorda.


A nota de vetiver não é nem um pouco educada ou atenuada. Isto é vetiver cru, áspero e meio cru. Mas assim que começo a pensar que não vou conseguir esse cheiro, as notas amanteigadas estão lá, suavizando as coisas e quase trançadas com baunilha. Eletricista gordo muda entre escuro e claro, nervoso e frio, doce e amargo o tempo todo. Feche as notas amargas são mais claras, mas de longe a doçura se destaca.






Sim, é como trançar um cabelo que consiste em cabelos loiros negros e brancos. Esconder e procurar, contrastes e uma luta pelo poder é proeminente no perfume. Apenas quando penso que entendi, isso faz novos truques em mim. O vetiver torna-se mais verde, mais gramado e também um pouco mais macio quando o cheiro se desenvolve. Acho que a vetiver em Fat Electrician é masculina, mas a baunilha é mais feminina e empresta o cheiro a um personagem gourmand. 
Ao atingir as notas iniciais, o cheiro se torna mais suave, mas também um pouco chato na minha pele. Eu gosto de Fat Electrician, mas é um desafio usá-lo casual, já que muda constantemente. O que, naturalmente, é proposital, os perfumes da Etat Libre d'Orange geralmente são tudo menos estáticos.












Eletricista gordo vale bem o preço, duradouro e com sillage médio.
Fiação elétrica queimada no começo (não estou brincando) - isso tem que ser uma das manipulações mais engenhosas do vetiver. Seguido por resinas secas,  e secas com pequenos toques de verde herbário. A mistura de opoponax-mirra aqui é de primeira classe, e há uma nota quase de eucalipto (as folhas de oliveira?) Que se funde sem esforço. Uma das ofertas mais fortes da ELDO - mas você tem que ter um nariz para resinas para se divertir. Infelizmente, a diversão dura cerca de 3 horas, após as quais tudo o que resta é um armário de madeira.





ENGLISH VERSION 


Fat Electrician Etat Libre d`Orange "A treat for the many lovers of Vetiver"




Fat Electrician is based on the inspiration of "a real story from the dangerous life of a young gigolo in the 70's in New York"? And who else could make that perfume so incredibly attractive and endlessly usable? "The white vetiver speckled on the asphalt of Time Square",

Its beauty could have been a capital. He was believed to be in the open air of Texas, his fluffy skin scrubbed with ears of wheat, his curly eyelashes grappling gracefully against a dazzling sun. A Macadam cowboy lost on the asphalt of the cities. Fisher without a net, he was made to bite the hooks of others, believe in his luck without ever taking advantage of it, wreak havoc and forget those of the time. The bravery of fierce women, things for late-night parties or healthy walks for the fortunes of Palm Beach, its splendor was consumed in the service of others.





Becoming a fat electrician in his home in New Jersey, he put his talent into disuse. To celebrate this unconverted beauty, you needed a splendid vetiver. An ode to vintage eroticism. Antoine Maisondieu wanted white, metallic, silvery like the ancestral green of the olive leaves. But also sweet, regressive, addictive as a chestnut cream - vanilla bean, opoponax and myrrh on base notes. Extremely concentrated, resinous, raw to perfection, it had to express a contrasting sensuality. Because all beauty brings with it the announcement of its finitude.






If you are a vetiver fan, do not miss Fat Electrician! The opening of Fat Electrician may be the most vetiver opening there is. Oh, exactly ... the fattest. Its vetiver smoky, and earthy and even rusty with roots and soil. And by the way, vetiver has very long roots. But there is also a note of something buttery, smooth, round and also quite strange. The name is strange, at least in the fat part.


The note of vetiver is not at all polite or attenuated. This is vetiver raw, rough and half raw. But as soon as I start to think I'm not going to get that smell, the buttery notes are there, softening things and almost wrapped in vanilla. Fat electrician changes between dark and light, nervous and cold, sweet and bitter all the time. Close bitter notes are lighter, but by far the sweetness stands out.










Yes, it's like braiding a hair that consists of black and white blond hair. Hide and seek, contrasts and a power struggle is prominent in perfume. Only when I think I get it does this do new tricks on me. The vetiver becomes greener, more lawny and also a little softer when the scent develops. I think the vetiver in Fat Electrician is masculine, but the vanilla is more feminine and lends the smell to a gourmand character.
Upon reaching the initial notes, the scent becomes smoother but also a little annoying on my skin. I like Fat Electrician, but it's a challenge to use it casually as it changes constantly. What, of course, is deliberate, the perfumes of Etat Libre d'Orange are generally anything but static.




















 Fat electrician is well worth the price, long lasting and with average sillage.


Electrical wiring burned at first (I'm not joking) - this has to be one of the most ingenious manipulations of vetiver. Followed by dry resins, and dried with small touches of herbal green. The opoponax-myrrh mixture here is first class, and there is an almost eucalyptus note (the olive leaves?) That melts effortlessly. One of ELDO's strongest offerings - but you have to have a resin nose for fun. Unfortunately, the fun lasts about 3 hours, after which all that is left is a wooden cabinet.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

The Spirit of Dubai By Nabeel I A MELHOR CASA DE NICHO DO MUNDO I resenhas de alguns perfumes dessa mitológica casa

A Alta floresta de um  garimpador. O ULTRA NICHO Com um tempo sólido  na perfumaria,deveras chegará uma hora que você se sente enfastiado,a maioria das garrafas ou amostras que chega em seu nariz,falam mais do mesmo,com um retoque ali,aqui,pois até mesmo a perfumaria  de nicho sofre por redundâncias,mercado,materiais sintéticos, uma  infinidade de fatores desestimulantes para o ávido colecionador.Na qual chamo de "paradoxo do nazo cansado" rsrs. Sem falar de casa que prega exclusividade e cobram preços estratosféricos,matérias primas altamente naturais (markentig ) por algo que nem compensa na verdade. Frascos extraordinários mas não se equivalem ao suco dentro dele. Mas minha experiencia com a casa The Spirit of Dubai By Nabeel,foi diferente,na minha opinião valem o que custam e nessa abordagem superficial falarei de alguns dessa casa que considero uma das melhores da perfumaria de nicho. Apertem os cintos. Majalis U

Oud For Greatness Eau de Parfum by Initio Parfums

Oud For Greatness Eau de Parfum by Initio Parfums Entusiasmada pela idéia de moléculas olfativas que desencadeiam atrações e impulsos, a Initio Parfums homenageia essa dimensão sobrenatural e científica com sua coleção hipnótica de fragrâncias. Oud Pela Grandeza marca o início de uma nova era na perfumaria,talvez meu argumento seja discutível,e cheio de viés que viabilizará consigo mais redundâncias,mas o que quero expressar é o novo hype que está causando grande celeuma lá fora.O conceito de "geometria sagrada", a inspiração por trás de Oud For Greatness, é que os símbolos e motivos recorrentes - incluindo o perfume sagrado do oud - são tão poderosos e sagrados que estão imbuídos dessas conexões ocultas com o mundo em geral, transcendendo o mundo e o plano material para alinhar aqueles que o cheiram com as vibrações do universo. Um oud esfumaçado ,super original e com apelo para as massas , viciante,intoxicado, uma fragrância que irá satisfazer aqueles em busca de

Acqua Decima Eau D'Italie

  Alberto Morilas reina absolutamente no reino das fragrâncias verdes e frescas. Inspirado na comemoração dos cinquenta anos do Hotel Le Sirenuse em Positano,Acqua Decima Eau D'Italie é a viagem olfativa mais definida de um verão em Positano. Cantarola em minha pele com tangerina de Amalfi, hortelã e limões,a viagem é mágica e surreal para as falésias da Costa e ao Golfo de Sorrento. Conforme evolui desembrulha uma das mais lindas bergamotas já colhidas,a casca e a polpa,e tudo é fotorealista. O neroli evolui na secagem,assinando o leve toque floral,juntamente com a hedione (jasmin). Linear,profundo,ridículamente artístico,macio; termina verde amadeirado,com leves nuances Florais. Lhe apresento o novo Rei do Verão; o nome dele é Acqua Decima Eau D'Italie ,a maior e melhor interpretação da Costa Amalfitana! 12/10