sexta-feira, 31 de maio de 2019

Iranzol Perfume Oil Bruno Acampora







Iranzol de Bruno Acampora è uma joia escondida na perfumaria de Nicho.
Desafiador o perfume abre na minha pele extremamente verde pelo galbano amargo em espantosa resolução,tudo è orgânico e a viagem olfativa è vc entrando em uma plantação de galbano,e ao ao lado tem uma caravana de camelos em direcao ao deserto.
O musk è extremamente animalico,lembrando cheiro de pele de ser humano quente ou virilha masculina.
Desafiador,estranho!
Nuances de flores nas pontas enobrecem a paisagem na secagem quando o galbano acalma entram âmbar ,sândalo e leves toques de incenso,nessa hora è o primo rico do Lair du Desert Marrocain.
Tudo termina adocicado amadeirado com leves toques de tabaco e facetas do galbano.
Obra de Arte .

11/10

terça-feira, 28 de maio de 2019

DUETTO XERJOFF




Duetto faz parte da Xerjoff coleção/linha Sospiro.
Embora perfumes com rosa e Oud e suas nuances estão saturados, a proposta de Duetto é extremamente sólida,requintada e está patamares acima ,até mesmo na perfumaria de Nicho.
O que faz Duetto se destacar é a alta qualidade dos elementos empregados, e a construção riquíssima dos acordes e suas evoluções.
É importante trazer a baila seu belo desempenho.
A medida que Duetto flagela a pele,algo lícoroso nos conquista ,como se rosas fossem mergulhadas em maltes ou bebidas finas ,um esplendor de luz aparece ,é o ylang ylang anunciando sua chegada.
A medida que o tempo passa ,através das pétalas da flor está o Oud,aqui ele só serve de base ou apoio,notas canforadas atingem o ápice e refrescam a soma citada,agora já é terroso levemente canforado,rosáceo.
Nesse momento me recordo de outros perfumes da casa como rickwood e o belo Fars.
O cheiro é rico e caro.
A proposta ou conceito é bem bem realista,expressando paulatinamente o glamour das noites de ópera.
Na secagem as rosas se distanciam e fica levemente floral nas pontas e outros elementos brincam entre si,agora é a vez de madeiras e sândalo,leves toque de incenso como se fosse um guardião clamando a sua chegada em um jardim secreto.
A imagem é uma bela Rosa recoberta de neve nos jardins da Europa.
Abaunilha chega,e o toque Chipre do musgo de Carvalho se acentua.
O aroma já é levemente esfumaçado,abaunilhado com Ricas nuances amadeiradas.
Ao fim se despede mergulhado no ambar,doce com nuvens amadeiradas leves.

Obra de arte

sábado, 25 de maio de 2019

Eau de Cyan Vertus




Os perfumes Vertus são servidos principalmente no Oriente Médio e no mercado da Europa. Uma coleção de perfumes prestigiada e única que combina a criatividade poética com as essências premium. perfumes que impressionam a alma.

"Respire fundo e sinta a frescura desta única explosão aquática fougere ... Deixe a brisa marinha brilhante abraçá-lo ... As notas de topo captam um impulso refrescante de notas
aquáticas, toques aromáticos verdes de gálbano, sálvia e cipreste. coração pétalas brancas de jasmim e gardênia com aspectos gramíneos-marinhos de algas As notas de base
com patchouli, musgo de carvalho, âmbar sensual e almíscar quente compõem a assinatura sofisticada de Vertus . " - uma nota da marca.


Resenha

Sinta -se abraçado pelos toques refrescantes do mar.
A leitura abre na minha pele com cítricos cristalinos,com gálbano bem intenso verde nas pontas.
Logo após alguns minutos flores aquáticas tomam conta, exalam Ininterruptamente e como uma onda atingi seu rosto,nessa hora sinto a íris,levemente atalcada na superfície.
A brisa marítima é intensa ,natural e bem real,para um perfume nessa categoria ($250),esperava até menos impacto inicial.
O cipreste e as algas estão bem definidos realistas,nada de calone ou notas síntéticas desagradáveis,que intoxicam aromas triviais por ai.
Tudo termina amadeirado e levemente cremoso aquoso.
Vale a compra diferentão!e totalmente fora do radar.

9/10

Vi Et Armis BeauFort London



Vi Et Armis BeauFort London


BeauFort London é uma casa de fragrâncias de nicho fundada pelo músico e escritor Leo Crabtree. Inspirado na história da nação insular que é o Reino Unido e trazido à vida

por uma obsessão proustiana por perfume, o BeauFort London foi lançado em 2015 com o tríptico "Come Hell or High Water" de Eaux De Parfum. Esta coleção reúne elementos

da história da Grã-Bretanha, tanto imaginários quanto reais, para criar colagens de perfumes incorporando temas de guerra, comércio e exploração.


O nome da marca BeauFort London (derivado da escala de força eólica de 1805 conjurada pelo oficial naval Sir Francis Beaufort) representa um tipo de estrutura dentro da qual

podemos nos entender ", observa Crabtree. O vento é constante, duradouro, mas mutável e potencialmente destrutivo.


Proposta


Explorando as complexas relações da Grã-Bretanha com outras nações e seu domínio do comércio marítimo internacional ao longo dos séculos, este cheiro narcótico inebriante

desafia tanto quanto seduz. Usando as cargas históricas dos navios britânicos como suas notas principais, Esta fragrância viciante relembra as palavras de George Bernard

Shaw: “A excitação emocional atinge os homens através do chá, tabaco, ópio, uísque e religião”. - uma nota da marca.





RESENHA

À qui mieux mieux!!!!


Se a arte do nichismo fosse interpretada por um perfume poderia quiçá ser esse.

Perfume destinado a narizes experientes,para amantes de Slumberhouse pra lá,Jeke/O Hira 777 /Fumidus e suas vertentes,colecionadores nato que conseguem enxergar luz na escuridão,frutos nas pedras,paz no apocalipse.


Narizes de grande calibre que são estafados todos os dias em amostras,a procura de algo que realmente desperte atenção cheirando...cheirando.

Uma fragrancia estrondosa ,original e única um ribombar perfumado.


ESFUMAÇADO E NARCÓTICO UMA MARCHA PARA O HADES!

O perfume abre na minha pele,com cheiro de fumaça de guerra ,pimentas e tabaco.Extremamente desafiador.

Uma floresta incendiada se abre no episódio agudo,cadáveres putrefatos estão estendidos nela.

Gritos ,sussurros,gemidos,bebidas/ licor,são esparramados nas trincheiras.

O ópio é colocado nas feridas.

A causa é angustiante!

Daenerys grita Dracarys !!!!!

Narcótico inigualável. Eu fiquei viciado, senhores.

Acabaram-se minhas palavras!


11/10 Obra de Arte.

sábado, 18 de maio de 2019

Rose De Petra by Stephane Humbert Lucas 777




Petra: capital dos nabateus, uma maravilha da engenharia antiga, um reino lindamente esculpido inteiramente no lado da montanha que se acredita ser o próprio Sinai bíblico. Palavras não podem esperar descrever a majestade do lugar conhecido como a Cidade das Rosas, mas Stéphane Humbert Lucas escolheu um meio muito mais apropriado com Rose de Petra, um floral de tirar o fôlego que homenageia as duas metades de seu homônimo com uma rosa partes refrescante natural e suntuosamente misterioso.


*Quanto menos procuro rosas,mais me deparo com as melhores.
Em um lote de amostras que nem solicitei ,um gentil amigo enviara e sou mui grato pela surpresa.Era uma segunda chuvosa,uma tarde poética,quando borrifei na pele Rose De Petra,preciso trazer a baila tal experiência,a rosa era morna ,levemente picante em um deserto.

Stephane sempre guarda segredos ,na maioria de seus perfumes e não revela todos os ingredientes.Conheço boa parte dos perfumes da casa.
Um toque áspero frutal aparece !mas não comum,tudo aqui é especial e bem feito.

Na sua evolução sinto resinas por trás, com tom cálido e morno e as especiarias e pimentas açoitam a rosa.
Seu final é uma rosa encharcada em vinho levemente esfumaçada.Outra rosa maravilhosa.*

9.5/10

Malia de Nobile 1942




Malia, a sedutora fragrância de Nobile 1942, é inspirada na visão de uma bruxa do perfumista Antonio Alessandria. Mas esta não é uma velha bruxa - Malia é uma feiticeira moderna, benevolente mas sedutora, jovem mas poderosa, tecendo uma teia de feitiços doces, delicados e inebriantes que nos deixa positivamente encantados. Baseada na enigmática dualidade do osmanthus, refrescante e inebriantevelmente doce, Malia flexiona a sua sofisticação de boa índole a cada passo, equilibrando a alegria frutada com temperos ricos e distintos e cativantes almíscares. Como a bruxa que a inspirou, Malia lançará um feitiço em você.


*Está ai uma casa que sempre me deixa boquiaberto em suas criações.

Malia de Nobile 1942 não é mais do mesmo nunca.Passa longe disso!Extremamente original e chocante.Um dos melhores de sua categoria.

É Como se pegássemos algum perfume da Dior feminino,e entregássemos a algum mundo sombrio para desenvolver algo gótico e místico.

Talvez de beleza sem igual,um perfume medieval ao meu ver que carrega em si nuances distintas do que se faz por ai.
Abre na minha pele frutal e bem verde,mas o verde entrega o musgo da floresta e uma plantação de manjerona.
Ridiculamente natural e imaculado a rosa aparece pelas costas dando um semitom romântico e pervertido.
A pimenta aquece.
Uma maça escura intriga o enredo,ela esta acolchoada no couro,a flor de osmanthus que se abre e assina o drama do feitiço.Sinto um tom de ameixa bem pesado na secagem.
Tudo é intrigante e bem feito.Ridiculamente lindo.*

10/10

Rosé All Daé Gallagher Fragrances





O Rosé All Daé , um dos 10 finalistas na Categoria Artisan do 6º Prêmio Anual de Arte e Olfação , foi originalmente inspirado por um Cinsault rosé excepcionalmente aromático originário do Texas High Plains.

Claro, essa inspiração só serviu como ponto de partida, porque o que veio a ser foi algo que até mesmo o perfeccionista em mim estava completamente apaixonado. Envelhecido em aço inoxidável, com as notas olfativas doces e saborosas de maçã crocante, ameixa, açúcar mascavo, mel dourado e fava tonka e soldadas juntas por um requintado absoluto de rosa turca, este eau de parfum o manterá aquecido e elucidará feliz pensamentos em alguns dos dias mais frios de outono e inverno.


Daniel Gallagher

*Rosé All Daé Gallagher é um perfume único,embora em sua evolução pego vibes de alguns perfumes,Ingredientes esses isolados me remeta a Oajan,Ambre Narguile mas trilha seu própiro caminho.

A leitura abre na minha pele:um jardim de rosas com maçãs,sinto um toque cristalino frutal,talvez o abacaxi.
Esse abacaxi está rodopiante nas pontas bem natural e harmonioso.
Logo depois na sua evolução tudo é mergulhado no mel e açúcares.

Seu final é a parte mais gratificante para mim ,tudo descansa em tabaco,mel ,e maçãs.Um legitimo gourmand vale o frasco.

delicioso!!! *

9/10

sábado, 11 de maio de 2019

Mea Culpa V Canto






Mea Culpa V Canto 🔥💎

O PATCHOULI MAIS ESTRONDOSO DA TERRA !!!!🔥

Definitivamente,a casa Tiziana Terenzi se solidificou na perfumaria de Nicho,Paolo Terenzi perfumista ousado da casa,faz perfumes quer permeiam conceitos definitivamente sólidos,em uma linha assertiva e com viés cultural Italiano.


Dê uma chance a casa Tiziana caso não lhe agrade ,prove e coloque a mão/nariz nas ramificações da casa como V Canto e Giardino Benessere....Sennnnnnnnnnnnhores!!!
Fazem parte do mesmo Grupo Cereria Terenzi Evelino S.R.L.

V Canto é um trabalho de grande compromisso estilístico que é uma jornada olfativa emocional através da história da natureza humana. Fragrâncias para usar como um manifesto de nossas mais profundas inclinações, do desejo de explorar o nosso eu interior mais profundo através do poder evocativo da fragrância.

No que se refere a Mea Culpa,essa obra de arte esculpida,deveria se fixada nos anais da história da perfumaria.
A casa o descreve como um aroma pungente e agudo, que empresta uma personalidade forte e cria uma aura de energia positiva para viver o seu dia como um “espírito indomável, assombroso e conquistador”.

Certamente cumpre magistralmente,o perfume é tão forte,mais tão poderoso e natural,que tomaria não só um andar ,mais talvez dois andares do escritório.
E não sai nunca da pele,projeta feito um louco 5 a 6 horas.
Com a amostra/decant que meu querido amigo Marcelo Siqueira me mandara,sou cumplíce de grande celeuma quando o uso.
Tem perfumes que nem dá vontade de resenhar,só usar mesmo.Esse é um deles.

11/10

quinta-feira, 9 de maio de 2019

Trastevere Pantheon Roma




Trastevere Pantheon Roma 🔥🍰🎂🍭

É uma Imagem olfativa, quente, gulosa e sensual.
Com uma Alma forte e audaciosa.


Rídiculo de tão bom!

Trastevere nos leva a um outro nível na classe gourmand.
Até mesmo no meio nicho.
Evolução do tão lindo e bem feito La Danza delle Libellule ao meu nariz.

Um gourmand de alta qualidade. Com ervas e flores e creme de baunilha. Perfume com vibe de café extremamente iridescente,chocolates com licor de creme doce Europeu, como se vc tivesse mordido balas com tons de castanha e chocolate misturado com licor, e baunilha muito saboroso.

Um paraiso gourmand.uma droga divina!
Uma atmosfera dos cafés italianos.
Já fazem 6 horas e não paro de cheirar o dorso da mão.
Falei da performance?Estelar !

11/10

Millésime Impérial Creed


Um aroma refrescante e revigorante que evoca os bosques de citricos e o exuberante palácio à beira-mar. Tão versátil quanto opulento, o Millesime Imperial é usado tanto por homens quanto por mulheres que apreciam sua mistura salgada e doce de cítricos ensolarados e almíscar rico. Apto para a realeza, este perfume sofisticado é famoso por sua assinatura dourada e se adapta a qualquer ocasião, desde o escritório de canto até a suíte de esquina.


Maravilhoso,um dos melhores da Creed.
A leitura abre na minha pele extremamente natural com cítrícos apoiando uma lindíssima nota de mar,como se as ondas batessem em seu rosto,a espuma literalmente.
A nota de sal marinho  é bem realista.
O aroma continua abrindo,e revela-se as facetas levemente verdes na fragrancia.

Nesse momento ,começo a pegar facetas verdes que me remetem a outro perfume da casa,
Green Irish Tweed.

Embora não consigo enxergar essa pompa de Pálacio  a beira mar,mas só pela viagem olfativa já vale o frasco,não enxergo esse perfume tão realeza,sério,mas semi formal e despojado e seguramente sólido para ser a assinatura de alguém.Realmente o conceito esta bem explorado,um perfume extremamente naval.
Um destaque para as notas frutadas,que sempre acompanham em sua  evolução.
A íris é levíssima,só harmoniza os acordes.
Tudo descansa em um acorde de musk,transparente e a assinatura ambergris da Creed.

10/10





sábado, 4 de maio de 2019

Oscent Pink Alexandre.J



Alexandre. J
Um espírito único e criativo, Alexandre.J deseja compartilhar sua visão de mundo, que ele percebe como uma obra de arte. Cada criação explora uma ampla gama de notas olfativas idealmente proporcionadas para um design e composição únicos. As matérias-primas usadas para criar produtos Alexandre.J são nobres, raras e preciosas. Encontrar o equilíbrio perfeito é um processo lento e penoso. Alexandre J não se esquiva de desafios ou compromissos: a experiência olfativa é tudo o que importa.


Defendendo o artesanato de luxo, os perfumes da Alexandre J são únicos e elegantes, demonstrando arte artesanal e design meticuloso.

Uma casa fora do radar com belas fragrâncias.
Delicado perfume de musk e framboesa.

O perfume abre na minha pele com flores de um lindo jardim muito bonito e romântico,parecem que foram colhidas há pouco.O processo de destilação foi fervoroso.
.Sinto vibes de perfumes antigos,mas também tem um som moderno.
Flores suaves, delicadas, e naturais aparecem na composição,nessa hora sinto uma espécie de jardim em algum lugar na Europa,pois na evolução se intensificam.
Uma Framboesa delicada, profunda,deliciosa com vibe de geléia é sentida nas pontas.
Uma base bonita e macia na secagem. Não é muito doce ,é extremamente bem equilibrado. Um aroma harmonioso que vc de conhecer .Muito Feminino.Perfeito para o cotidiano.

9/10

Verveine James Heeley




Como designer influenciado pela natureza, era natural que James Heeley fosse fascinado pelo mundo do perfume. Foi depois de conhecer Annick Goutal em 1996 que ele descobriu como os aromas são 'projetados'. Seu primeiro perfume, "Figuier", é notável por sua precisão em evocar o aroma natural de uma figueira mediterrânea. Com tempo e experiência, seus aromas belamente construídos, simples e frescos evoluíram para criações mais complexas, como "Cardinal", "Esprit du Tigre" e "Cuir Pleine Fleur". Sua coleção em constante evolução agora inclui varios perfumes contemporâneos feitos de acordo com a arte da perfumaria tradicional francesa.


Sempre digo que a casa Heeley vai muito além de Sel Marin.
Sabe aquele perfume que parece uma limonada saborosa refrescante bem deliciosa para o verão,então é esse!
E continua lindo em toda sua evolução,quanto mais o tempo passa mais belo fica,não é aquele levinho chato e superficial ele tem profundidade ,logo depois aparece um levíssimo toque de mel com jasmim nas pontas.Sofisticado e elegante !
Finaliza com um toque de groselha preta e um cardamomo bem natural.Obrigatório para o verão.

9.5/10

Brutus Orto Paris





Brutus Orto Parisi

Orto Parisi

As partes do corpo que carregam mais cheiro são aquelas em que mais alma é coletada. Os cheiros fortes se tornaram desagradáveis ​​para nós, porque o excesso de alma é intolerável na medida em que nosso animalismo inato é reprimido e rompendo a civilização. Este projeto é meu jardim que plantei, fertilizei, cultivei e colhi. Orto Parisi afirma que o nosso corpo é experimentado como um jardim, e os seus cheiros são um verdadeiro espelho da nossa alma. ”- Alessandro Gualtieri, fundador e perfumista.


O fundador de Nasomatto ,também fundou Orto Parisi .
Nasomatto na tradução é nariz louco.
O mundo de Orto Parisi,oferece uma experiencia única das criações de Alessandro.
Como estive no lançamento de Pardon lá o conheci,uma pessoa carismática,simples e atenciosa.
Voltando a fragrancia abre com cítricos leves,embalado com um belo patchouli.
O patchouli vai ganhando força ,vai abrindo abrindo ,e logo mostra sua nuances terrosas,nas pontas sinto um toque floral talvez o jasmim.
Simples com poucas notas,mas de um profundidade ímpar,
rastro estelar e bela fixação.Altamente recomendado.

9/10

quinta-feira, 2 de maio de 2019

1996 Inez & Vinoodh Byredo





O perfume de 1996 de Byredo foi inspirado na fotografia da dupla holandesa Inez van Lamsweerde & Vinoodh Matadin “Kirsten 1996”, que retrata uma criança angelical, seu rosto aparentemente coberto de pó branco, olhos fechados e lábios lacados como os de uma gueixa. 1996 é o seu homólogo olfativo: gentil e sonhador, como uma ressaca de algo erótico escuro.

Lindamente original. Lindo e Memorável.
Abri na minha pele, com aspecto de flores e um pouco de camurça suave perceptível.
Uma fragrancia viciante e linda.
Não consigo enxergar sensaçoes de Coromandel.
Embora ambar ,patchouli estão em jogo,existe uma faceta diferente gritando aqui.
Gostaria que o zimbro e a iris fossem mais perceptiveis.
Uma aspecto de madeira doce afiada sinto ao fundo,
que perfume incrível.
Um dos melhores da Byredo certamente.


10/10

Afrika-Olifant Extrait de Parfum por Nishane




Ele está no caminho entre um chipre masculino e um oriental almiscarado, O África Olifant exerce um fascínio constante por seu portador. Mas não tenha medo - apesar do extraordinário conjunto de notas animálicas carregadas nesse perfume, o Africa Olifant tira a notável façanha de ser ricamente sujo e como uma jaqueta de couro para vestir. Se você ama o aspecto musgoso com a vibe masculinos da velha escola como Antaeus, então isso vai estar bem no seu beco.


Afrika-Olifant Extrait de Parfum foi uma grata surpresa para mim ,a primeiro momento seu quadro de notas pode espantar,e gerar até uma certa repulsa.Mas se vc conseguir passar pela abertura resinosa ,com frutas e especiarias,totalmente incomum,vc será levado á um perfume extremamente agradável de couro,original e muito sexy.
Um perfume atraente,quente e extremamente aconchegante.

9/10

Osang Talismans Collezione Preziosa





Nápoles é uma cidade do Sangue, protegida pelo padroeiro San Gennaro. Três vezes por ano seu sangue seco é
apresentado ao povo, faminto de amor e milagres. Se este tesouro sagrado se liquefazer, tudo ficará bem com Nápoles. Se não, a terra tremerá, o céu escurecerá ... o infortúnio poderá descer. Essa liquefação sobrenatural e santa é um talismã de metamorfose e proteção.
Osang é inspirado por este extraordinário milagre anual, é um perfume de beleza viscosa, sangue subindo, passando da inércia para a ressurreição borbulhante. Um milagre do amor Uma celebração perfumada de santos e superstições.
(Uma nota da casa)


Maravilhoso Osang abre o jogo logo de cara,a fragrancia abre na minha pele com a mirra ,oleos e incenso.
Perfume bem religioso,que remonta uma catedral na Itália,talvez aquela Catedral de Milão.
Meditativo e espiritual,parece que pegaram o aroma de uma vela de algum pacto ou sacramento e transformaram em um perfume.Conforme o tempo passa o mel é entrelaçado pela íris,o Padre ou algum Sacerdote escorre a mirra e o mel pelo jardim de flores.
Um pouco de tabaco se percebe na composição,um perfume até gótico no meu nariz.
Embora o tema seja bastante explorado,lhe convido a tentar.
certamente vc ficará surpreso.
Na minha pele fica devendo desempenho.
Mas reconheço que não está no perfil da proposta.
Denso,profundo e uma obra de arte.
A apresentação condiz com o conceito ,e com o suco,para mim um show a parte.

10/10



Tabac D'Or Condé Parfum

Tabac D'Or é uma simbiose múltipla de prazer,um jardim de heliotrópio regado em creme de baunilha,goiaba e folhas de tabaco. Uma fra...