segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Rossopompeiano Agatho Parfum



Rossopompeiano abre na minha pele com jasmim indòlico levemente cítrico banhado pela tangerina .
No background já consigo sentir a baunilha e a amêndoa.
Nessa hora impossível de não associar a Pegasus da Parfums de Marly ou High Frequency da Initio Parfums.
Só que aqui tem mais qualidade que ambos e muito mais som e volume.
As notas ou ingredientes tem mais definição.
Conforme o tempo vai passando no prelúdio do dry down,o galbanum aparece  entre essas amêndoas e baunilha.
O acorde agora fica abaunilhado esverdeado e amendoado.
Na plenitude do drydow a flor de laranjeira e o heliotrópio se juntam a baunilha e jasmim com amêndoas.
Tudo agora è alaranjado,floral branco e amendoado intensificado pelo heliotrópio que também è amendoado e juntamente com as amêndoas.
Da plenitude do drydow para a base a  
 fragrância já se mostra mais amadeirada pelo sândalo cremoso em uma cama de resinas a saber;Âmbar ,ládano.
O patchouli e o musk estão la,m
ais quase imperceptíveis.

Não tem aquele açúcar excessivo de Pegasus.
E nem o desequilíbrio do mesmo.
Tem estilo ,sofisticação,e é moderno.
Executivo ,traje formal e semi formal.
Terno gravata etc.
As mulheres adoram esse perfume!!!
Gálbano ,amêndoas e jasmim.
Europeu ao extremo!e Compartilhável.
Sândalo cremoso amadeirado ,gálbano ,amêndoas,jasmim, 
sempre de maneira complexa nos acordes... entram ,saem  e é altamente indicado.Um perfume perfeito.

11/10




                                                                                        VIDEO NO MEU CANAL  

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Portrait of a Lady Frederic Malle



 Retrato de uma senhora se dirige em direção
 Feminina elegante .
As facetas que remontam a estrutura química do perfume ,entrega algo romântico e luxuoso ao mesmo tempo.
A rosa turca nunca se sente árabe ou oriental ,mas caminha em direção ocidental dos anos 90 onde as patroas viviam em uma época de esplendor  e glória .
Nessa época eu ainda era adolescente ,mas ainda me recordo das festas ,nos clubes e restaurantes ,das viagens a Suíça da mamãe.
Os anos 90 marcaram certa feminilidade em meu coração,as musicas ,a moda ,tudo gira em torno desse maravilhoso perfume .
 A explosão inicial abre em minha pele com rosas escuras ,aliado a um patchouli aveludado ,romântico ,único.
Um ar de maturidade e sobriedade é sempre cativante .
As “facetas frescas” que flutuam na plataforma superior do perfume ,como framboesa e cassis o deixam extremamente sexy ,e contrasteia com a rosas aveludadas “ apatchoulizadas “
Na secagem o sândalo entra ao enredo e começa a tocar sua trilha sonora ao lado do patchouli,dessa hora em diante narizes desavisados podem confundir com o Oud,se você não o conhece  julgará que tem Oud aqui,
Mas o próprio Malle já disse que não tem.
 A coisa toda tem muito som e volume ,como dizemos “perfume bomba” a mao hábil e nariz de Dominique é facilmente sentido aqui desde Carnal Flower que na minha opinião o melhor floral branco do mundo.
O escopo é sempre maduro mas nunca Vovó !
 Aqui tudo é vitóriano e poético.
 Dono de um espírito barroco e parisiense,a alma do perfume sempre clama por elegância. E romantismo.
O ápice do perfume começa a se expor a medida que o âmbar se une ao incenso discreto ,fazendo uma costura objetiva
 Me lembrando alguns perfumes como Duetto da fechada Sospiro e Richwood da Xerjoff.
Um Fantasma sempre grita por nome de Black Aoud da Montale .
Em meio ao acorde.
Mas sem aquela coisa grossa e oleosa da Montale.
 Tudo  é sedoso e suavemente em pó.
 Agora  tudo é âmbar cremoso,com a névoa incensada sobre a Rosa  escura e Carnal.
 Fars  da Xerjoff é facilmente sentido nessa fase também.
Digo pela Rosa.
Mas canta um som diferente nas mãos de Dominique .
Tudo  é cuidadosamente orquestrado como   uma linda sinfonia com compasso e ritmo perfeitos.Embora fale do ambiente das mulheres, patchouli e sândalo o deixam com aspecto de Oud.
E não me surpreenderia se um homem o usasse.
Portrait of lady é Um dos melhores perfumes para as mulheres do Mundo.
Certamente ficará nos anais da História Perfumistica bem do lado de Carnal Flower.

11/10




                                                                                              VIDEO NO MEU CANAL 

Palindrome I Santi Burgas




Palindrome I de Santi Burgas trabalha de um jeito interessante na minha leitura, naquele lado Amouage de ser sem muitos rodeios ,entrega o que é bom e ponto final.
Uma casa até um tanto desconhecida por aqui, espanhola da região de Barcelona na cultura de Hormigueiro colonias de formigas assim declara a cultura da casa.
A proposta desta coleção é o palíndromo. Palíndromos são palavras ou frases que podem ser lidas da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda.Mas como cheira Bardo?
A leitura na minha pele abre com força de citrus ,tangerina e limão siciliano,com o chocolate no background.O tempo vai passando e se torna bem metódico ,citrus se ausentam e da -se lugar a um lindo chocolate com incenso,nessa hora me remete a fragrancias da casa Amouage.
Na secagem tudo é mergulhado em resinas; no ládano ,opoponax,tudo fica delicioso e levemente leitoso e amadeirado pelo sândalo.Em originalidade não tem seu carater assertivo,nuances de Pardon Nasomato,Lidge,Opus VI Amouage são sempre evidenciadas,mesmo assim não deixa de ser um belo perfume, a parte em que o chocolate e incenso entram é o ponto culminante  desse delicioso perfume.

10/10                                                                        resenha do perfume no meu canal: 

sábado, 18 de janeiro de 2020

MEFISTO GENTILUOMO CASAMORATI



Mefisto Gentiluomo é, como o nome sugere, a colônia de um cavalheiro, composta no estilo do eaux de colônia usada em juntas de barbearia sofisticadas da Itália por volta de 1888. Como seu progenitor, Mefisto, Gentiluomo toma o que parece ter se tornado uma palavra suja na perfumaria - limpo - e torna sexy novamente. Pense nos aromas fumegantes de uma barbearia italiana tradicional após um barbear - sabonete triplo, toalhas brancas macias, mocassins de couro feitos à mão de US $ 500 e a cremosidade doce da loção de sândalo massageada na pele quente. Sim, Gentiluomo vence o dia por estar esplendidamente luxuosa e limpa, sem se apoiar em almíscares baratos ou em pó.


RESENHA 

Mefisto  já na sua versão Gentiluomo ,retrata para mim algo muito semelhante ao meu perfume designer preferido o 212 Men da Carolina Herrera.
Bem mais refinado e imponente o cavalheiro da Xerjoff me coloca no máximo do que preciso.
Sua explosão inicial precede a uma linda bergamota a nível de Nio aquosa de mãos dadas com a toranja.
Conforme o tempo passa limão siciliano e uma linda lavanda que gravita sobre a cama cítrica ,emerge ao enredo refrescante e aquoso.
A hortelã aquela mesma de Renaissance  1861 costura essa essa linda entrada ,deixando tudo verde e mentolado.
Na secagem iris e violetas descobrem seu papel e se juntam ao enredo mentolado cítrico alavandado.
Aromas de cavalheiros e terno sob medida dominam o ambiente ,as facetas limpas e barbershop de uma época de glória Italiana tomam o ambiente.
Uma enorme carga de musk transparente no seu final nos despede depois de longas horas com âmbar e madeiras discretas.

11/10

RESENHA NO YOUTUBE :https://www.youtube.com/watch?v=U9TwP6R0oi4

terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Oro Bianco Bois 1920



Oro Bianco  da casa Bois 1920  é um lançamento de 2019 ,embora fragrâncias "brancas " não é nenhuma novidade no mercado da perfumaria de um modo geral,Oro Bianco consegue de destacar com um apelo amadeirado e floral.
Com peônias evoluindo a todo momento equilibradas com madeiras de cedro e sândalo possuindo uma fragrância lindamente refrescante e branca abaunilhada e versátil.
O que se destaca em Oro é a grande profundidade e qualidade no aspecto geral.
Seu lado doce equilibrado com presença marcante,faz de Oro Bianco talvez a mais interessante das fragrâncias brancas disponíveis.O ambiente é sempre de requinte apoiado em uma cama de madeiras ,quase lembrando chocolate branco pela leve baunilha.
Oro Bianco é delicioso embora seja um perfume linear,acho que você deve tentar se for inclinado a perfumes brancos.

10/10

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

ZAYED 2018 Boadicea The Victorious O MELHOR PERFUME DO ANO 2019




O mundo das fragrâncias estão lotado delas.
Uma verdadeira constelação de estrelas,cada qual com seu brilho que iluminam pessoas especiais como você.
Boadicea é uma casa que tem posicionamento de mercado alto luxo ,mas pelo grande volume de criações dentro da casa,tem jogadores que realmente só se paga pelo frasco.
Mas aqui o caso é inverso viu príncipes ,a proposta encapsula a visão do pai fundador dos Emirados Árabes Unidos, o novo Zayed 2018 comemora e celebra suas muitas conquistas. Tão dinâmico quanto o Sheik e os próprios Emirados Árabes Unidos, o perfume confere ao usuário um senso distinto de prestígio e poder pacífico.
Ridículo,tão autoritário e distinto; a sua abertura abre na minha pele com o Oud do camboja de mãos dadas com um couro liso,a vibe desafiadora é respaldada pela rosa e violeta,em um núcleo sem fim!A rosa turca com nuances arabescas retoma em uma espiral de camboja e âmbar ,semifiltrando facetas de sândalo e musgo em uma cama de açafrão.
Nesse momento Dubai e Burj Al Arab vem na sua frente ,ronco de motores,Bugattis,Lamborghinis,o espírito da União, o espirito de Dubai é entrelaçado ao mundo icónico dos Sheiks.A paleta do perfumista tem uma precisão altíssima.
A qualidade dos ingredientes é estelar!seu desempenho buscará alguém do outro lado da sala.
A apresentação é de grande garbo ,espere apenas o melhor,espere a melhor das estrelas.



English version

The world of fragrances is full of them.

A true constellation of stars, each with its brightness that illuminates special people like you.

Boadicea is a house that has high luxury market positioning, but for the large volume of creations inside the house, there are players that really only pay for the bottle.

But here the case is reverse saw princes, the proposal encapsulates the vision of the founding father of the UAE, the new Zayed 2018 celebrates and celebrates his many achievements. As dynamic as Sheik and the United Arab Emirates themselves, the perfume gives the wearer a distinct sense of prestige and peaceful power.

Ridiculous, so authoritarian and distinguished; its opening opens on my skin with the Cambodian Oud hand in hand with a smooth leather, the challenging vibe is backed by pink and violet in an endless core! The turkish rose with arabesque nuances picks up in a spiral of cambodia and amber , semifiltrating veneers of sandalwood and moss on a bed of saffron.

At that moment Dubai and Burj Al Arab come in front of you, engine roar, Bugattis, Lamborghinis, the spirit of the Union, the spirit of Dubai is intertwined with the iconic world of Sheiks.The perfumer palette has a very high precision.

The quality of the ingredients is stellar! Your performance will seek someone from across the room.

The presentation is great, expect only the best, expect the best of stars.

11/10


segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Naxos Xerjoff Um lindo Jardin na Sicilia






Naxos celebra a Sicília,sua alegria e arte da Bela Italia.
A leitura abre na minha pele com cítricos e lavanda,bem naturais.
No background um mel lindíssimo,bem equilibrado remonta o cenário glorioso,tudo é belo e lindo
Na secagem a fava tonka,baunilha e cashmeran com canela o leva para o ambiente gourmand.
Mas sua mágica acontece no Jardin,com o jasmin naturalíssimo,aonde sinto folhas,pétalas,tudo muito real,entrega de forma fidedigna o Giardini Naxos, essa linda comuna Siciliana defronte a Taormina.
Sua base entrega o tabaco,fava e baunilhas uníssono.
Associa lo a Pure Havane é prudente,bem parecidos,mas qualifica lo no mesmo nível é insanidade.
EXCELENTE 11/10


RESENHA NO CANAL DO BARDO VIDEO  ABAIXO

https://www.youtube.com/watch?v=GmH_QQGhsFY



quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Triskell de Anima Mundi 🌲🌳🌴🌱🌿☘️🍀




Triskell de Anima Mundi é um passeio por uma floresta Celta.
A proposta da casa é extremamente original,as fragrâncias são dedicada às civilizações antigas,aqui Emilia fundadora da casa,queria encontrar o momento mágico ou místico,da magia da floresta em momento de libação cultural e religiosa,pelo antigos druidas.
A leitura abre na minha pele extremamente herbal adocicado pelo mirtilo,refrescante com a bergamota,ela é como uma chuva de verão,vai embora muito rapidamente.
Em poucos minutos você é defenestrado para uma floresta literalmente;gramas ,folhas,cascas de arvores,nesse momento me sinto assustado ,da tamanha entrega fiel da proposta,o ensejo é verde,florestal e único.
Certamente esse momento mágico , encena a culpa da fusão da Artemisia com Mirtilo.
Não menos importante na secagem para completar o passeio,um cedro lindíssimo,representando o tronco das arvores,nessa mesmíssima hora,o abeto canadense,assina a secagem florestal.
A fragrância no despede musgosa ,contando historias do chão da floresta com o musgo de carvalho.
11/10


ITALIAN VERSION  

Il Triskell di Anima Mundi è una passeggiata attraverso una foresta celtica.
La proposta della casa è estremamente originale, i profumi sono dedicati alle antiche civiltà, qui il fondatore della casa Emilia, ha voluto trovare il momento magico o mistico, della magia della foresta in un momento di libazione culturale e religiosa, dal antichi druidi.
La lettura si apre sulla mia pelle estremamente zuccherata con mirtilli, rinfrescante con bergamotto, è come una pioggia estiva, scompare molto rapidamente.
In pochi minuti sei defenestrada in una foresta letteralmente, erbe, foglie, corteccia, in questo momento mi sento spaventato, di una consegna così fedele della proposta, l'opportunità è verde, foresta e unica.
Certamente questo momento magico mette in scena la colpa della fusione di Artemisia con Blueberry.
Non meno importante nell'essiccamento per completare il tour, un bellissimo cedro, che rappresenta il tronco degli alberi, allo stesso tempo, l'abete rosso canadese, firma l'essiccazione della foresta.
La fragranza fa fuoco muschioso, raccontando storie del suolo della foresta con muschio di quercia.
11/10



segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Apollonia Xerjoff



Desde que a Xerjoff surgiu no seguimento Nicho em 2007,a casa Italiana de Sergio Momo,teve uma sólida penetração no Mercado.
Haja vista que a casa recentemente tenta se posicionar se sentindo mais comercial,desde sua troca de garrafas vem trilhando um caminho com lançamentos cada vez menos espaçados.
Com novas casas de nicho aparecendo com mais frequência e perfumistas abrindo suas próprias casas frenéticamente ,o fronte de Batalha fica mais acirrado,e há uma linha tênue em ser competitiva e ainda continuar agradando seus aficcionados.
Em Apollonia a casa explora o politicamente correto, entregando uma fragrância fácil e popular,isso em tese;na qual discordo.
A proposta de Apollonia é uma homenagem ao ônibus espacial Apollo 11, através do qual ocorreu o primeiro pouso na lua, em 20 de julho de 1969.
Esta essência evoca o charme do espaço profundo, de um céu noturno iluminado por milhares de estrelas brilhantes. E, em seu aroma sedutor, percebe-se o anseio do homem pelo
infinito, a necessidade de sonhar toda vez que novos mundos, uma necessidade que Apollonia satisfaz perfeitamente, envolvendo todos os nossos sentidos em um intenso processo de
imaginação.Concordo!
A proposta é extremamente original,mais sucumbi na leitura de ser um perfume fàcil ou popular,longe disso.
A leitura abre na minha pele com musks aquosos e pulverulentos extremamente brancos,com levíssimos toques de flores brancas ,haja vista que a Lua é fria,a percepção inicial é fantástica e sensorial,tudo é pulverulento e aquoso frio ,lembrando tinta fresca.A qualidade é estelar.
Tudo é muito branco com o almiscarado transparente e fofo,e orris ao fundo despertando facetas cremosas.
Na secagem o caráter em pó branco vai perdendo som,o orris é mais intenso,e o cenário das flores vai se intensificando.
Da plenitude da secagem pára a base a mágica acontece,já não se fala mais de pó brancos de certa forma desafiadores (vulgo farinha de trigo integral molhada),mais de manteiga de iris e flores brancas como jasmin e magnolias ;lindíssimo!
Entidades celestiais aspergem poeira Lunar em um jardim de flores brancas na Russia ,ou um jardim de flores brancas na Lua ,enfrentando uma tempestade de poeira Lunar.
O esqueleto da fragrância é super simples e com poucas notas no modo geral ,mas seu começo não é para todos.
A fragrância é romântica,sóbria e por conta das flores é levemente clássica.
Não vejo isso para as multidões,para mim poderia ser mais complexo,e com mais ingredientes,também percebo falta de som em seu desempenho,embora aceitável, poderia ser melhor pois estamos falando de Xerjoff que até seus cítricos iluminam o mundo!
No modo geral é uma fragrância muito boa.A apresentação do frasco a melhor da casa.É compartilhável.
Estou parcialmente impressionado.
Nota final 10/10 muito bom,excelente?não mesmo.

VIDEO DO PERFUME NO MEU CANAL :https://www.youtube.com/watch?v=aNUob5i9uRc

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Jasmin Fauve Ex Nihilo






Em Jasmin Fauve a temática obviamente é o Jasmin,mas é importante trazer a baila,que existe uma linha tênue entre fazer uma fragrância de Jasmin sintética com nuances tediosas e medíocres e sem vida,de uma  com vida e explorar as nuances e alma desta tão linda flor.
Abre na minha pele com lírios encharcados de nuances cítricas,a experiencia inicial é de um jardim de flores brancas encharcado pelas chuvas de verão.
Na plenitude da secagem,encontra-se um caráter mais adocicado,cúmplice e alegre ,é a flor de Laranjeira que empresta facetas doces ao caminho tão belo e floral.
Um couro é ouvido no composée,mas apenas adorna com carinho,como as mãos de um bela Ucraniana de Kiev,apenas sugerindo, uma princesa escondida atrás dos muros do Castelo.
Seu fim nos despede com nuances do belo Jasmin com ambroxam quase imperceptível.A tuberosa se fez calada.
Gostaria de ver essa interpretação mais fiel e nível máximo na qualidade de Dominique Ropion,não desmerecendo Givaudan,mas para mim faltou volume,som,mas não deixa de ser uma boa fragrância.


9/10

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Ankh Sun Amon de Anima Mundi







Ankh Sun Amon de Anima Mundi
É o perfume mais sexy do mundo,extremamente afrodisíaco.

A proposta é o nome da Grande esposa real do faraó Tutancâmon, tinha como nome original Anchesenpaaton, o que significa "ela vive para Aton", nome que estava relacionado com a doutrina religiosa desenvolvida por seu pai, que fazia do deus Aton a única divindade digna de culto.

Na verdade faraó tinha varias esposas,mais Ankh Sun Amon era especial, no sentido que todos nós sabemos.
Abre na minha pele com açafrão embrulhado nas flores do Lírio, e já tenho alguns devaneios e sou defenestrado ao Rio Nilo e ao Egito Antigo.Extremamente artístico e cultural,estou impressionado.
Conforme desenvolve a secagem a flor de Lirio suaviza e abre território para a mirra e o incenso,tudo é sacro e profano ao mesmo tempo.
Na plenitude da secagem um couro delicioso com nuances de fetiche,envolve a mirra e incenso e o angulo olfativo trilha um caminho libidinoso.Seu olfato é marcado e atenuado,pela inclinação sugestiva de "coito perfumado" nas câmaras do Faraó.
Sexy ,misterioso e sedutor;mel,framboesas,e couro giram em torno das flores,sussurrando baixinho em seu ouvido.
A despedida é orgásmica como a entrada,âmbar e baunilha de madagascar fecham o expediente voluptuoso.Obra de Arte.


11/10




Rossopompeiano Agatho Parfum

Rossopompeiano abre na minha pele com jasmim indòlico levemente cítrico banhado pela tangerina . No background já consigo sentir a baunil...